Skip to main content
Limite Mei 2018

Limite Mei 2018

O novo Limite Mei 2018 permitirá uma faturamento maior do que no ano de 2017. O limite no ano passado era de R$ 60.000,00 e após a Lei Complementar nº 155, de 27 de outubro de 2016 ser aprovada, o novo Limite de faturamento anual do Mei em 2018 será de R$ 81.000,00, o que dá R$ 6.750,00 por mês.

Além de um novo limite de faturamento a  Lei Complementar nº 155, de 27 de outubro de 2016, traz duas novas mudanças:

  • Ampliação do prazo para pagamento de dívidas tributarias: passa de 60 para 120 o número de prestações.
  • Foi autorizado a utilização de investidores-anjo com objetivo de auxiliar start-ups obterem capital para colocarem seus produtos no mercado.

Essas alterações apesar de terem sancionadas em 27 de outubro de 2016, começaram a valer a partir de 1º de janeiro de 2018.

Limite Mei 2018: Benefícios de ser MEI

São diversos benefícios de se formalizar através do MEI. A formalização que é feita no Portal do Microempreendedor na internet sem necessidade de contratação de contador. É possível ter acesso a um CNPJ, poderá emitir notas fiscais, contribuir para o INSS, entre outros benefícios.

A taxa mensal para estar em dia com as obrigações do MEI gira em torno de 50 reais por mês e é possível contratar um funcionário.

Os benefícios de se formalizar através do MEI só crescem, pois agora mais pessoas com perfis de faturamento diferenciado poderão se formalizar devido ao novo limite que entrou em vigor em 2018.

Além de todas as vantagens citadas acima o Microempreendedor Individual – MEI tem a possibilidade de contratar planos de saúde exclusivos para a sua categoria, com preços diferenciados em relação aos planos de saúde individuais.

Limite Mei 2018: Como se Formalizar

Com o novo Limite Mei 2018, você ainda mais vantagens e motivos para se formalizar e abrir o seu Mei. Para se formalizar através do MEI – Microempreendedor Individual é preciso ter acesso à internet e ao site http://www.portaldoempreendedor.gov.br/mei-microempreendedor-individual. Através do Portal do Empreendedor é possível esclarecer todas as dúvidas sobre a formalização, consultar as atividades enquadradas no MEI e se inscrever. Em poucos minutos o empresário consegue o Cadastro de pessoa jurídica – CNPJ.

Será necessário informar o CPF, data de nascimento, título de eleitor ou o número do último recibo de entrega da Declaração Anual de Imposto de Renda de Pessoa Física.

É importante se atentar as atividades escolhidas, pois cada uma possui exigências específicas que podem exigir documentação emitidas através da prefeitura. Porém, todas as orientações para emissão desses documentos serão informadas através do Portal do Empreendedor.

Ao final da inscrição é possível gerar os boletos de pagamento, porém a inscrição não depende do pagamento do primeiro boleto, pois os boletos são emitidos com datas posteriores.

O Portal do Empreendedor oferece todo o suporte necessário para o empresário individual, é possível ter acesso a diversos serviços, como, por exemplo, alteração cadastral, emissão do carnê MEI, emissão do certificado de MEI, confecção da declaração anual, baixa na inscrição de MEI, além de todas as informações necessárias. Para ter acesso a todos esses serviços será necessário informar CNPJ, CPF e data de nascimento.

Caso o empresário apresente alguma dúvida em relação a formalização no Microempreendedor Individual – MEI que não foi esclarecida através do Portal do Empreendedor, é possível entrar em contato com o órgão responsável através dos canais de atendimento disponíveis do Portal ou se o empresário optar por um atendimento presencial é possível se dirigir aos escritórios de contabilidade cadastrados (verifique a listagem http://fenacon.org.br/escritorios/) ou comparecer em uma das unidades do CAT para esclarecer suas dúvidas.

Limite Mei 2018: Contador para Mei

Serviços de Contabilidade para MEI é aconselhável porem não é obrigatório. Diante de muitas dúvidas como: Emissão de Notas Fiscais, Relatório de Receitas Brutas Mensais, Emissão do DAS entres outras, empresários individuais recorrem ao serviço do contador.

Pensando nessa demanda foi criado o Programa Contadores do Bem que oferece três serviços de contabilidade para Mei gratuitos pela internet, os demais serviços são cobrados. Os três serviços gratuitos oferecidos ao MEI são: Abertura do CNPJ, Esclarecimento de dúvidas contábeis e Primeira declaração anual.

Contratar Plano de Saúde pelo Mei

Para você que já é Mei, você ainda poderá contratar um Plano de Saúde Empresarial através do seu CNPJ. É importante ressaltar, não abra Mei apenas para contratar um Plano de Sáude. Esse beneficio é exclusivo para quem já é Mei, e algumas operadoras exigem minimo de 6 meses de Mei aberto.

Para ter acesso ao plano de saúde para mei basta ter o CNPJ ativo e pelo menos um beneficiárioUm grande diferencial é que esse beneficiário, não precisa ser necessariamente um funcionário, você poderá adicionar um familiar por exemplo.  Confira mais algumas vantagens de contratar um plano de saúde pelo Mei.

  • Acesso a Planos de Saúde com valores Menores;
  • Acesso a operadoras renomadas que só trabalham com planos empresariais ou por adesão;
  • Dependente não precisa ser um funcionário. Pode ser um familiar;
  • Atendimento de nível empresarial;
  • Hospitais mais conceituados;

Entre em Contato

A Seguro Saúde Online trabalha com o objetivo de auxiliar o Mei – Micro Empreendedor Individual a buscar o melhor plano de saúde de acordo com as suas necessidades. Nossos Consultores estão prontos para te atender e oferecer a melhor opção considerando custo x benefício.


Faça uma Cotação sem Compromisso