MEI negativado também pode pedir o empréstimo de até R$ 3 mil da Caixa

O Caixa Tem SIM Digital, nova linha de crédito da Caixa Econômica Federal, já está sendo disponibilizada a quem é MEI (microempreendedor individual) ou trabalhador informal. É possível solicitar até R$ 3.000, mesmo estando com CPF negativado, ou seja, com o nome sujo.

A medida foi anunciada pelo governo federal junto com o Saque Extraordinário do FGTS, a antecipação do décimo terceiro salário do INSS e o empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil ou BPC (Benefício de Prestação Continuada).

No caso dos trabalhadores informais, o valor do crédito oscila entre R$ 300 e R$ 1.000, com taxa de juros de 1,95%. Já para quem é MEI (Microempreendedor Individual) o valor do empréstimo varia de R$ 1,5 mil a R$ 3 mil e a taxa é de 1,99%. Em ambos os casos, o prazo para pagamento é de até dois anos.

Vale ressaltar que os recursos do empréstimo deverão obrigatoriamente ser utilizados no negócio, seja com aumento do capital de giro ou compra de insumos e investimentos em equipamentos e utensílios que favoreçam o aumento da produção.

A expectativa do governo federal é que, somente nos primeiros 12 primeiros meses de funcionamento, o Caixa Tem SIM Digital beneficie cerca de 4,5 milhões de pessoas.

Como solicitar o empréstimo

Para informais, o empréstimo deve ser solicitado por meio do Caixa Tem. Os interessados precisam possuir a versão mais recente do aplicativo. Depois é necessário procurar pela opção do empréstimo disponível na plataforma, realizar a solicitação do crédito e aguardar até sete dias para que o crédito seja disponibilizado

No caso do MEI, o pedido do crédito tem que ser feito em uma agência da Caixa Econômica Federal. De acordo com o presidente do banco, Pedro Guimarães, em alguns meses a opção pode estar disponível no aplicativo, porém, por enquanto, o procedimento ainda requer o deslocamento a uma agência.

Deixe um comentário